terça-feira, 7 de setembro de 2010

Amargo

Há quem goste do amargo, eu prefiro o doce e o salgado, até consigo lidar com o azedo, mas o amargo não me agrada.
O amargo gruda na boca como se não fosse embora, amarga a língua e a garganta, não há pasta de dente, bala ou chiclete que faça passar.
Só o tempo faz com que esse gosto de fel desapareça; e que seja possível sentir novamente o doce e o salgado.

2 comentários:

Anônimo disse...

Então Mari, o chimarrão dos gauchos é uma bebida maravilhosa e não combinou nada com a tematica do teu post.
Tu já experimentou a bebida? Acho que irias gostar!rs!

Quanto ao "amargo" da vida, esse sim não é nada bom, mas tem conserto, é só a gente querer e se esforçar!
Kris G.

Mari disse...

Oi Kris,
Já experimentei e não gostei, mas é que não sou fã de chá.

Eu só coloquei essa imagem para dar o "sabor" amargo ao post, não quer a bebida tenha algo de ruim.