terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Feliz 2009!

Como foi o seu ano de 2008? Feliz? Afinal, o que é um ano feliz pra você?
Algumas pessoas esperam que seja um ano perfeito, sem mágoas, sem doenças, mortes, tragédias, sem acontecimentos e sentimentos ruins, mas isso não é plausível e teremos mais um ano com tudo isso, só que não devemos esquecer que será mais um ano de festas, conquistas, amor, amizade, sorrisos, risadas, e tantos outros acontecimentos e sentimentos bons. Sempre irá acontecer algo que você não deseja ou algo que você não acredita que aconteceria agora ou que não acredita que aconteceria com você, mas as coisas são ruins dependendo do que se faz delas. Para ter um ano de 2009 feliz basta você querer ser feliz.
Desejo a todos, então, muita vida!

P.S. Eu posso ser interpretada como metida ou sem educação, mas só não passo de blog em blog desejando feliz ano novo porque sou preguiçosa.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Antes de dormir

O que você faz até pegar no sono? 
O meu irmão escuta música, os meus pais vêem TV e eu jogo Zuma no celular ou leio um livro.

Estou achando os meus posts tão superficiais ultimamente ou extremamente pessoais, pois é, acho que ando sem inspiração ou preguiçosa demais.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Como foi o Natal?

O meu foi tranqüilo, não foi tão triste como eu pensei, na verdade ninguém derramou lágrimas, apenas fizemos uma oração às 0hs e depois cortamos o bolo sem cantar parabéns, o que foi bom, pois isso sim eu acharia deprimente demais. Só que no dia 25/12 eu não fui à missa, não que eu vá sempre nessa data, e já deixei claro qual a minha orientação cristã, mas ela significou uma homenagem à minha avó. Eu não fui porque não quero chorar, pelo menos não agora, estou exausta da tristeza e admito, estou fugindo dela.
Fora isso, eu comi docinhos, aaa docinhos, estava sonhando com açúcar, dieta não é brinquedo não!
E o Natal de vocês, como foi?
P.S. Estou sem computador mas ainda consigo conectar, só que não dá para escrever no blog quando tenho assunto ou inspiração.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Cansada

Todo ano é a mesma coisa, meus pais deixam as compras de Natal para cima da hora e sobra para quem??? Pois é.
Eu odeio tumulto e multidão, isso me irrita muito, imagine juntar calor, fome e regime, não dá boa coisa, certo? Meu humor não é dos melhores hoje, estou com a paciência por um fio. 
O que salvou foi o cinema com dois amigos, assisti Crepúsculo, mas como já li a saga então achei o filme mais fraco, as coisas acontecem muito rápido, falta aquela ansiedade para saber o que acontecerá, fora isso, também não gostei da maquiagem do personagem Carlisle e nem da falta de dentes afiados dos vampiros quando eles estão em luta. Mas ainda dá vontade de ter um namorado vampiro vegetariano.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Realidade

A realidade é relativa e pessoal.

Você vê o que você sente.

Lost

Eu nunca tinha assistido sequer 5 minutos desse seriado mas um amigo disse que é muito bom, acabei baixando os dois primeiros episódios e já me senti intrigada. Que diabos tem aquela ilha? 
Na Internet tem algumas hipóteses como reencarnação ou ressuscitação, enquanto eu assistia me deu a sensação de ter algo a ver com o tempo, eles podem ter entrado em um looping temporal, não sei, é muita viagem? Mas Lost parece ser muita viagem.
Eu sei que a série chega ao final em 2009, o que é bom para mim, pois não ficarei muito tempo inventando teorias, isso se eu continuar a assistir.
Dexter, Grey's Anatomy, Private Practice, Heroes, True Blood e Supernatural, os seriados que eu acompanho e estou em dia, só terão novos episódios em janeiro, então é época de experimentar outros, mas acho que ainda prefiro House.

sábado, 20 de dezembro de 2008

E mais uma vez eu lembro

No pequeno post abaixo eu disse que esqueço que a minha avó não estará aqui, na verdade não acho que seja esquecer mas eu deixo de lembrar. 
Li um post no blog da Vanessa que me fez pensar na morte, nesse ano, na minha vida. E cheguei a conclusão de que as palavras da minha mãe nunca fizeram tanto sentido quanto agora: "aproveite isso, aproveite a sua avó e a sua família, o tempo passa rápido", não foram exatamente essas palavras pois eu era criança e não consigo lembrar com exatidão mas ficou na guardado na minha memória até que eu pudesse compreendê-las.
Eu sinto tanta falta dela que eu nem sabia que me sinto assim.
Ela não vai estar aqui no Natal, é no dia 25/12 que ela completaria 74 anos e é também no dia 25/12 que completa 1 mês de seu falecimento.
Ela não estará aqui...
Eu não sei o que fazer.

Vó, me desculpa pela falta de atenção e presença nesses últimos tempos, eu sei que eu fiquei mal, eu me isolei do mundo e talvez nem pudesse mesmo fazer muito por você, mas me perdoa. Se eu pudesse eu voltaria no tempo e faria diferente, nem que fosse uma ligação por dia. Vó, eu te amo, por favor me perdoa.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

As vezes eu não acredito que a minha avó não estará aqui no Natal.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Frases de efeito, quando elas funcionam?

Eu fiquei mal durante uma época, acho que 2 anos de depressão. Primeiro começou leve e depois de alguns acontecimentos passou a ser moderada, eu larguei a minha vida social, larguei a faculdade de mão e larguei o estágio, passei a viver em um mundinho na minha cabeça. E nessa época frases auto-ajuda não faziam efeito, na verdade elas me irritavam, como eu poderia sorrir, como eu poderia viver se eu me sentia morta por dentro?
Ontem assistindo um seriado de médicos tinha uma personagem que estava morrendo e ela dizia que devemos fazer o que queremos hoje porque o tempo é curto. Esse tipo de frase escutamos sempre, nós sabemos disso mas muitos não compreendem ou não acreditam que posso acontecer conosco, quem realmente tem a consciência de que a morte é iminente e pode acontecer a qualquer momento? Nós sabemos mas não queremos lembrar.
Foi aí que eu pensei sobre frases de efeito e de auto-ajuda, se uma mãe diz ao filho que a vida é curta, é bem capaz dele ouvir só para satisfazê-la mas ele não captou a mensagem, mas se uma mãe no leito de morte diz isso ao filho, ele vai provavelmente irá guardar isso como um grande ensinamento e até mudar o seu estilo de vida.
O momento, a situação e principalmente a condição psicológica da pessoa influenciam muito no que vai ser absorvido por ela ou não.
Na maioria das vezes não adianta dizer ao deprimido que a vida é bela, ele não consegue enxergar isso, talvez a melhor ajuda seria apenas dar as mãos.

Meu diário de dieta e emagrecimento

Eu adoro escrever e por isso fiz mais um blog, esse é um diário da minha dieta e emagrecimento, tudo o que eu como e sinto estará relatado nesse endereço: http://eliminandomedidas.blogspot.com

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Madonna Sticky and Sweet Tour - Eu fui!

Um sonho realizado!
Eu sempre disse que se a Madonna viesse ao Brasil eu teria que ir ao show de qualquer maneira, nem que tivesse que dormir na fila para comprar ingresso, e eu consegui, e ainda comprei ingresso pelo telefone.
Eu fui no dia 15/12, segunda-feira, no Maracanã no Rio de Janeiro. 
O que eu tenho a dizer? F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O! Não poderia ser menos que isso.
Os efeitos são demais, coisa de Madonna mesmo. Os bailarinos apareciam e sumiam do nada, incrível isso! Adorei a tela que ficou ao lado dela na música 4 Minutes do save the world, tinha a imagem do Justin em 3D como se ele estivesse ali, participando do show, sem falar no jogo de luzes e em um telão especial que descia envolvendo a Madonna, assim ela ficava dentro do círculo enquanto vários efeitos, como água por exemplo, eram mostrados ao público. 
Se eu pudesse e o meu dinheiro desse, iria ao show novamente em São Paulo, mas dessa vez de pista VIP, nem que eu me endividasse no cartão de crédito, é algo que vale muito a pena, faça um calor escaldante ou faça um frio de rachar os lábios. 
Eu achei ela uma fofa, a voz dela é meiga, parece de menina, e era muito legal quando ela falava com o público, gostei quando ela disse que São Pedro atendeu as nossas preces pois não choveu, no show anterior do domingo caiu muita água e atrapalhou a performance. 
O que eu não gostei foi do atraso de 1h30min e das pessoas gritando "piranha", achei a maior falta de respeito e espero mesmo que ela não saiba disso.

E quem não foi perdeu um super show!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Blogspot

Será que sou só eu e a Niky que não gostamos da edição de texto do blogspot ou vocês também?
Se eu mudar uma fonte no meio do texto e quiser voltar com a anterior, eu não consigo. E fazer upload de uma foto entre linhas? Dificuldadeeeee!

sábado, 13 de dezembro de 2008

Uma coisa sobre dieta...

Quem nunca fez dieta diz que é só ter força de vontade, mas esses não sabem que a força de vontade não é só contra a vontade de comer doces e guloseimas mas tem que ser ainda mais forte ao se tratar de dor de cabeça, náusea, tontura e fraqueza, sintomas que vêm com a dieta. Afinal comer mal é um vício e como qualquer outro, o corpo tem que se acostumar com a nova rotina e até isso acontecer...você sofre!
Então não me venha com esse discurso de que é só ter força de vontade, vá mudar alguma rotina na sua vida, depois me diz se é fácil.

Pois é, estou raivosa, afinal essa dor de cabeça me tira do sério!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Rapidinha

Saber e compreender são coisas completamente diferentes.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Orkut

Sorte de hoje: Se você não quer que ninguém saiba, não faça

Essa foi a pior de todas!
Orkut não sabe o que é discrição.

Rapidinha

Estava pensando. 
Quando você critica alguém que critica demais os outros não estaria agindo da mesma maneira?
Então por que para essa pessoa é errado e para você não?

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Hoje foi um dia muito bom!

Hoje eu quero ser simples e curtir a felicidade.
Hoje o meu dia foi muito bom!

Obrigada pai, te amo!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

A cura de Schopenhauer

Mais um bom livro para indicação.
Ao contrário do que parece, a história não é sobre curar Schopenhauer mas sobre um homem que se diz curado atrás da filosofia do gênio. O enredo se passa em encontros da terapia em grupo, e é uma leitura de fácil entendimento. O que eu achei muito interessante foram os capítulos contando a história de vida de Schopenhauer, entre um e outro capítulo da ficção, tem um dedicado ao filósofo.
Ultimamente estou gostando muito dos livros desse autor, Irvin D. Yalom, ele é um psiquiatra reconhecido, que só não atua como o médico que passa remédios, mas ele se dedica a psicoterapia.
É um livro muito bom para quem gosta de questões humanas.
Há ainda mais um de ficção desse autor que eu quero ler, Mentiras no Divã.

Sorvete Heaven da Nestle

Estava eu no mercado para comprar abóbora quando vi esse sorvete em promoção. Como eu sempre tive curiosidade com ele, resolvi comprar o de doce de leite com choco chips. Nossa, que sorvete delicioso! Muito cremoso e saboroso. 
Eu ultimamente estava achando esses sorvetes de pote muito sem graça, sem gosto, mas esse superou a minha expectativa. Aprovado!

domingo, 7 de dezembro de 2008

Extremos

As vezes sou tão criança.
As vezes sou tão adulta.

Sozinha

Pois bem, comecei a pensar nisso neste momento e desenvolvi o assunto rapidamente, é mais um caso pessoal que algumas pessoas podem se identificar.
A minha vida agora resume-se a família, ficar em casa, ler, pensar, navegar na Internet, de vez em quando caminhar, fazer as coisas sozinha, tenho um círculo de amigos mais velhos do que eu e quase nenhum contato com pessoas da minha idade. Eu não vejo nada de errado em fazer amizade com pessoas mais velhas, eu gosto delas mas eu sinto falta das pessoas da minha idade. Elas dizem que me encaixo muito bem entre as mulheres de 30 e 40 anos, as vezes levo as coisas muito a sério ou enxergo com uma responsabilidade maior do que é para a minha idade, como por exemplo, nunca entrar em um carro com motorista bêbado (acreditem, muita gente de 20 e poucos anos faz isso e acha divertido), ou não achar a menor graça em ir para uma boate e beijar quantos puder, não gostar nem um pouco de micaretas, e querer um carnaval mais tranqüilo. 
Só que eu sinto falta de ter uma colega ou amiga para me acompanhar até o shopping, ou para ir ao quiosque beber um chopp, conversar no telefone, contar alguma novidade, coisas desse tipo. Eu não me sinto totalmente integrada ao grupo, se não fosse a minha mãe, eu não participaria de encontros com elas.
Essa semana fui comprar um óculos escuro na Lupa Lupa e o vendedor que me atendeu era um gato, mas estava na cara que ele me manipulava, provalvemente por isso que escolhem vendedores homens, jovens e bonitos. Eu achei muita graça, quase comecei a rir na frente dele, mas eu me segurei e sai de lá com um óculos de armação branca que eu nunca tinha usado na vida, bem, o negócio é variar né. Tive vontade de ligar para uma amiga e contar o que havia acabado de acontecer mas quem? 
Eu gosto de caminhar sozinha, é verdade, bem, pode ser que eu não goste de caminhar com o meu pai, ele não pára de falar! Mas as vezes eu deixo de sair de casa porque isso parece aumentar a minha solidão, eu sempre faço tudo sozinha, vou ao shopping sozinha, caminho sozinha, vou aos Correios sozinha, sentava sozinha na sala de aula, voltava sozinha da faculdade, lancho sozinha, almoço sozinha quando estou na rua e etc. Assim eu me sinto muito só!
E nesse ponto descobri porque compenso isso com a comida, ela preenche um espaço vazio em mim.

Agora é pensar e agir, o que posso fazer para essa situação mudar?

Necessidade

Sinto uma grande necessidade de escrever tudo o que penso.
Talvez mais do que escrever tudo que sinto.
Na verdade, o que penso é um reflexo do que sinto.
Não há como separar.

Escolha

Há de se fazer uma escolha, estudioso ou místico.
Quanto mais conhecimento e estudo, maior o afastamento do misticismo.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Immanuel Kant

"Lembre-se de esquecer."

Um bom final de semana a todos!

Orkut - Buddy Poke em clima de Natal

Vocês já viram?
Agora tem dancinha com o Papai Noel, beijo de visco, rock de jinglebell e outros. Eu achei fofo demais!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Coisas de pobre que adoramos

Quem me ajuda com a lista?

- Pão dormido com manteiga na figideira.

- Guaraná natural que faz 1 L.

- Coxinha gordurosa da estação.

- Pão com ovo.

- Funk.

- Sidra.

- Cafezinho na padaria.

- Pão com mortadela.

- Arroz, feijão e disco voador.

- Podrão.

- Churrasquinho de gato.

- Pastel do china.

- Sardinha frita.

O país é o espelho do povo

Quer saber como anda o seu país? Olhe para dentro.
Usando o texto anterior, vejamos o que meu padrinho e meu pai falaram, na verdade, a conclusão que eu tirei da conversa: a aplicabilidade da lei é precária, a lei permite várias interpratações (bem, eu não vejo alguma lei que não permita isso, afinal até a realidade é relativa), o país tão tem uma efetiva regularização sobre a sociedade.

Brasileiro é famoso como o povo do jeitinho, digamos que um policial te pare por não estar com cinto de segurança e ele vai te aplicar uma multa, o que seria o certo, mas você oferece uma cervejinha para ele, o que te difere do estudante que tem pai juiz e vira magistrado por alguma falcatrua? É que no primeiro caso você se livra mas no segundo você não tem a mesma oportunidade. Não estou dizendo que todos fazem isso e nem que eu nunca irei fazer, o que eu quero dizer é que a atuação das autoridades é o reflexo de seu povo.

O ser humano é egoísta e tende a apontar tudo que está errado mas poucos percebem que já cometeram semelhante  erro, mesmo que em escala menor ou situação diferente.

*Fez sentido? Estou com um pouco de álcool correndo nas veias.

Brasil comparado

Ontem a noite estava rolando na cama enquanto pensava sobre a conversa de meu padrinho com meu pai, eles falavam da ineficências das leis e da mal aplicabilidade das mesmas. Na minha opinião, não há nada de errado com as leis, não é uma ciência exata e os seres humanos aplicam de acordo com as suas interpretações.
Um ponto muito discutido era a comparação do Brasil com países como Estados Unidos, Japão, Canadá e Inglaterra, nesse último abrangindo toda a União Européia, ou seja, países considerados de primeiro mundo. Pois bem, meu padrinho deu um exemplo de alguma mulher que foi jogada na cadeia após roubar leite para os filhos, esse exemplo estava dentro do assunto lei, e eu como conheço um pouco disse que é um crime de bagatela, nesse caso seria melhor empregado dentro do assunto polícia. 
Onde eu quero chegar com isso?
Eu concordo que temos muitas mazelas e há muita coisa para melhoras mas vejamos os outros países, nos Estados Unidos por exemplo, o serial killer Ted Bundy, fugiu duas vezes da cadeia antes de ser sentenciado, na França não se pode rir e nem falar alto em lugar algum, caso queira dar uma festa é necessário pedir autorização da vizinhança para tocar música. Vamos agora ao caso do trânsito, no Rio de Janeiro por exemplo, a zona sul tem metrô mas por acaso são todos os moradores que preferem o metrô ao ônibus, van ou carro? E também não recebemos boletins diários de como está o trânsito no Japão por exemplo, país que tem o maior congestionamento humano do mundo.
Eu também escuto muito que está tudo bem para o brasileiro se tem carnaval e futebol, fora isso, qualquer coisa pode acontecer que não iremos nos mover para mudar.
Pois bem, analisando a minha família, vejo que somos pessoas que gostam de festa, de falar e rir alta, de contar piada, dançar e beber, ou seja, nunca nos daríamos bem na França, mas mesmo assim consideramos um país super civilizado (o que é verdade) e com regras rígidas que são cumpridas, mas de verdade, gostaríamos que aqui fosse assim?
A minha família por parte de mãe adora um carnaval, samba, cerveja e futebol. Quando os meus tios param para torcer ou para escutar um sambinha, eles consideram isso como um merecimento e como um lazer, então por que considerar que o resto do povo usa isto como um modo de fugir da realidade? 
Vemos o Brasil por um prisma de pessimismo, temos tendência a pensar que a grama do vizinho é sempre mais verde, a comparação com outros países sempre parece pior para nós, mas é que pegamos o pior daqui e comparamos com o melhor de lá.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Bebê

Eu sei que não está na hora mas eu preciso dizer: eu quero tanto um desse!
Eu assisto Supernanny só para saber como educar o meu filho ou filha e errar menos que eu puder.
Eu observo pais e filhos só para tentar ver o que dá mais certo e o que dá errado, não quero copiar os erros.
Eu tento imaginar como seria a carinha dele ou dela.

Um namorado (o pior e o melhor que eu já tive, depois explico) disse que eu não tenho cara e nem jeito de mãe, tá maluco? Como você diz isso para uma mulher? Fiquei dias pensando nisso mas dane-se ele, ou melhor, foda-se ele.

Semana movimentada

Um amigo diz que não agüenta mais essa vida, se despede e some, e dois amigos (diferentes, não o casal) dizem que estão esperando um bebê.

Uma semana movimentada...

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Arthur Schopenhauer

"A religião tem todas as coisas a seu favor: a revelação feita por Deus ao homens, as profecias, a proteção do governo, das figuras mais respeitáveis e importantes. Mais que isso, o enorme privilégio de poder gravar sua doutrina na mente das pessoas quando elas são crianças, e com isso, as idéias se tornam quase congênitas."

Seus filhos

Toda vez que chamar a atenção do filho em relação a um ato ou reação, leve isto como uma auto-crítica, afinal as crianças imitam os pais.

Infância

"Na infância, o aparelho sexual ainda está inativo, enquanto o cérebro já funciona plenamente; por isso, essa é a época da inocência e da felicidade, o paraíso perdido do qual sentimos falta pelo resto da vida."

Arthur Schopenhauer

Os mais velhos dirão que estou na flor da idade, ok, eu não discordo disso, mas mesmo assim sinto saudade da minha infância. Não por ser tudo mais simples mas por eu achar que era tudo simples, a vida seguia o seu curso natural e eu ia de acordo com as coordenadas, não tinha que pensar muito no que fazer hoje, o que decidir, era fácil, minha maior preocupação era escolher o que ganhar de aniversário ou Natal, não deixar os meus pais descobrirem o que eu fiz de errado e não ser aquela criança azucrinada na escolha, o que aconteceu por eu ser muito tímida.
Não vou me alongar muito no assunto, pois a maioria dos adultos sabem o que é sentir isso, pelo menos a maioria que teve uma infância no mínimo razoável.

Para finalizar, mais uma frase de um gênio:

"A sólida base de nossa visão do mundo e também o grau de  sua profundidade são formados na infância. Essa visão é depois elaborada e aperfeiçoada, mas, na essência, não se altera."

Arthur Schopenhauer

domingo, 30 de novembro de 2008

Marquês de Maricá

"Querendo prevenir males de ordinário contingente, o homem prudente vive sempre em tortura, gozando menos do presente do que sofre no futuro."


"Sem os males que contrastam os bens, não nos creríamos jamais felizes por maior que fosse nossa felicidade."


"Nenhum tempo e nenhum lugar nos agrada tanto como o tempo que não existe, e o lugar em que não estamos."

Uma proveitosa semana a todos!

Orkut

Sorte de hoje de 21/11 até 30/11:

A pessoa que lê seu destino perdeu a cabeça (e o emprego). Esperamos que você esteja com sorte.

A pessoa que lê sua sorte está doente. Seja saudável.

A pessoa que lê sua sorte está se casando hoje. Deseje a ele boa sorte!

A pessoa que lê sua sorte foi demitida. Enquanto não contratamos outra, visite o álbum de um amigo.

A pessoa que lê sua sorte está dormindo. Não a acorde.

A pessoa que lê sua sorte está de férias. Não sabemos o que dizer... Visite o perfil de alguém.

A pessoa que lê sua sorte entrou em greve. Não há biscoitos para você hoje. Envie um recado para alguém.

O que será que a pessoa que lê a minha sorte tem contra mim? Ou será ela muito preguiçosa para trabalhar?
Isso deve ter sido a resposta ao meu post " Eu tenho medo do Google".

A sorte de hoje: Faça um elogio a alguém hoje.
Não é grande coisa mas já posso sair de casa sossegada, sem esperar que um raio me parta.


Ai!

sábado, 29 de novembro de 2008

Malcriado

Eu estava pensando sobre isso, os pais chamam os filhos de malcriados quando eles fazem alguma birra ou desobedecem mas isso não seria uma auto-crítica? Afinal quem criou os filhos foram eles mesmos. 
Já se tornou comum falar isso e o significado que adotamos é difente, é chamar a atenção para a falta de educação que a criança acabou de cometer e não criticar a criação que a própria mãe e/ou pai deu ao filho.
A Carol escreveu um posto muito interessante, sobre o literamente, as pessoas estão empregando-o quando querem dar uma explicação, digamos, bem explicadinha, ou enfatizar algo, mas se pararmos para pensar, em algumas frases o sentido fica muito estranho. Vou usar um exemplo que ela deu: "O Natal já está literalmente batendo em nossas portas." Você consegue imaginar como seria isso?

Santa Catarina: Os animais pedem ajuda.

Eu já vi alguns blogs mostrando como ajudar as pessoas, então eu resolvi mostrar como ajudar os animais.
Eu escrevi em outro post que o ser humano colhe o que planta e que agora é hora de rever as suas atitudes, parar de jogar lixo na rua e nos rios, mas isso não quer dizer que não devemos ajudar.
No blog da Ana Gabriela você fica sabendo em como ajudar as pessoas. 
Quem puder ajudar as pessoas e os animais seria ótimo mas quem puder ajudar apenas umentão fica a critério de cada um.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Calendário de padres

A Igreja fez um calendário com os seus padres mais novos e bonitões, o objetivo é levar informações sobre o Vaticano para a população, nada de incitar pensamentos pecaminosos.
Bem, eu não sei você querida amiga mas eu estou com pensamentos pecaminosos sobre esse aí da foto, o padre de maio. Se eu acreditasse em inferno e na Igreja acho que teria acabado de comprar a minha passagem para lá. 
Mas por que será que a Igreja escolheu os padres mais belos e não os mais devotos? Hummm...
Quer ver o calendário todo amiga pecadora? Clique aqui.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Em luto

O que é estar em luto? É parar com a vida e só chorar e sofrer? Pode ser, dependendo do caso. Agora para mim é fazer qualquer coisa e lembrar da minha avó, estar sempre com algum momento passado na cabeça, dar um sorriso de lado ao lembrar de algo feliz, ficar triste e até soltar uma lágrima ao pensar que ela não estará mais lá.
Estar em luto tem tantos significados diferentes e pessoais, mas eu só conheço o meu modo.
Eu sei que a minha avó gostaria que eu gritasse ao mundo a sua falta e dissesse para todos que eu puder o quanto a amo, então é por isso que escrevo mais uma vez sobre esse assunto.
Eu continuo com raiva de como ela faleceu, ela sofreu e é difícil dizer que ela não merecia, pois foi como ela escolheu, é como eu digo em alguns posts: você é responsável por si mesmo e as suas escolham resultam na sua história. Mas ao mesmo tempo, eu sei das dificuldades emocionais que a minha avó tinha, da depressão e desânimo, ela simplesmente desistiu de fazer qualquer esforço, se entregou a todos os males e seus olhos não mais enxergavam as coisas boas da vida. Seus filhos fizeram de tudo para ajudá-la mas não dá para ajudar quem não quer ser ajudado.
Então se você está passando por uma fase difícil, se acha que viver é muito complicado e que não vale a pena, ou se acha que é muito pior do que os outros e não tem capacidade para coisa nenhuma, então procure ajude, não há nada de mal nisso, a vida acontece desde o momento que você faz acontecer. Eu sei que pode ser seguro estar preso nessa realidade, não há decepções, não há desafios, mas sobreviver assim? A vida é muito mais do que o medo, há muita coisa para ser experimentada e você não pode ficar fora dessa!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

"Tchau Dona Guigui"

E foi a frase do meu tio que me fez desabar em lágrimas: "Tchau Dona Guigui."
Minha avó faleceu hoje e apesar do apelido seu nome era Nelza. Não sabemos porquê, é mais uma daquelas coisas de criança, quando o meu primo/afilhado começou a falar acostumou-se a chamá-la de Guigui, não há nenhuma relação do nome com o apelido mas o adotamos.

Eu passei bem na parte do hospital, ouvi a médica dizer que fizeram de tudo mas infelizmente não conseguiram reanimá-la, mas quando eu estava no cemitério e a vi dentro do caixão, eu fiquei desnorteada, sentei em uma cadeira solitária e assim passei as horas, olhando para o nada sem dizer uma palavra, as vezes soltava algumas lágrimas silenciosas, eu não queria abraços e nem ninguém perto de mim, estava eu e minhas lembranças. Até que na hora de fechar o caixão para levá-la, meu tio deu adeus a Dona Guigui, eu lembrei dos meus primos ainda crianças, lembrei dos momentos mais recentes e chorei o choro doído.

Eu acredito que aqui é apenas uma passagem, a verdadeira vida está em outro lugar e sei que ela está bem mas não consigo evitar de ser humana, de chorar a saudade, as lembranças, a falta que ela irá fazer. 
Ela não era perfeita mas apesar de todos os pesares, conseguia dar risada quando alguém fazia algo engraçado e era uma risada verdadeira. Quando eu era criança, ela me fazia balinhas de açúcar com limão, preparava comidas gostosas e inventadas, deixava eu brincar de fazer comidinha e me ensinou a tomar café com leite. Ela também fazia as suas gracinhas, foi brincar de dentista com meu irmão e ele não sabia que ela usava dentadura, então tá ele lá com um aparelho de brinquedo e ela começa a colocar os dentes para fora, o menino arregalou os olhos assustado. 

Vou escrever aqui uma imagem bem crua de como ela morreu. Minha avó fumava desde adolescente e nunca teve força de vontade para parar, a idade chegou e com ela vieram as complicações, bronquite asmática, pneumonia e enfisema pulmonar, essas doenças caracterizam o que os médicos chamam de DPOC (Disfunção pulmonar obstrutiva crônica ), ou seja, o pulmão estava virando pedra. Além disso, a pele estava extremamente ressecada e sensível, qualquer pancadinha deixava uma marca roxa-preta e qualquer arranhão fazia uma ferida, eu mesma sem querer arranhei o seu braço, o que deixaria uma marca vermelha, no caso dela arrancou pele. Ela faleceu no hospital ao ser entubada mas antes disso sofreu tentando respirar, eu a vi desacordada e tremendo para conseguir puxar algum ar. Se não fosse o cigarro ela estaria viva e muito bem, todos os exames dela tiveram um ótimo resultado, nada de pressão alta ou baixa, glicose, diabetes, nada, apenas a morte lenta por conta do cigarro.
Depois de passar por isso na família e ver a minha avó morrer lentamente e de um modo sofrido, só posso considerar burro e estúpido quem decide começar a fumar, a não ser que seja um suicida masoquista. Quem já tem o vício, então procure ajuda médica, masque chicletes, cole adesivos, o que for, mas não maltrate os seus pulmões assim.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Emergência em Santa Catarina

Santa Catarina está debaixo d'água e estima-se que são 500 pessoas desabrigadas até o momento. A chuva diminuiu mas ainda continua a cair. E o que mais se vê são pessoas pedindo a Deus pela salvação. Isso simplesmente me irrita.
Joga lixo na rua o ano todo, indústrias fazem obras sem se preocupar com a natureza, o ser humano faz a bagunça, destrói o que é dele e depois vai pedir a Deus para arrumar? Estilo quando éramos crianças, espalhamos todos os brinquedos mas catar tudo não queremos, aí melhor deixar para o pai fazer isso. Tem cabimento?
As pessoas não notam que nós movemos o mundo, que os acontecimentos são frutos das nossas ações e colhemos o que plantamos. 
A conscientização e educação começa em casa.
Eu vejo muita gente (e até na minha família) que não acha nada demais jogar um pedacinho de papel na rua, não acha nada demais cuspir o chiclete na calçada ou jogar uma lata de refrigerante pela janela do carro mas todos, sem exceção, quando vêem esse tipo de catástrofe ficam boquiabertos, rezam e colocam a culpa nas grandes indústrias e governo. Então eles não podem mas você pode? Imagine bilhões de pessoas com a mesma atitude displicente, o que é pior, a indústria ou os pacatos cidadões? 
Sejamos coerentes com nossas idéias, críticas e ações. Ao criticar alguém olhe para o próprio umbigo e veja se você não faz a mesma coisa mesmo que em menor escala. Tenha em mente que ao apontar um dedo para o outro, há quatro apontados para você mesmo.

Orkut

Duas sortes seguidas:

Sorte de hoje: A pessoa que lê seu destino perdeu a cabeça (e o emprego). Esperamos que você esteja com sorte.

Sorte de hoje: A pessoa que lê sua sorte está doente. Seja saudável.

To fudida!

Supernatural

Ultimamente estou viciada em séries, baixo as que eu mais gosto no Portal Brazil Series, e Supernatural é uma delas. Eu acompanho essa, Dexter, House, Heroes, Grey's Anatomy e True Blood mas essa não tem para baixar nesse site. Difícil organizá-las por preferência mas com certeza Dexter está em primeiro lugar.

Supernatural é sobre dois irmãos que "trabalham" como caçadores de demônios, vampiros, bruxas e qualquer criatura estranha como o chupa-cabra. A séria passa na Warner Channel (tinha sido cancelada mas voltou a grade de programação) e no SBT, não sei os dias e horários, mas no site de cada emissora deve ter. 
Não acho que seja assustadora ou de dar medo, de repente o seja para pessoas extremamente impressionáveis ou crianças, então é recomendada para quem gosta pelo menos um pouquinho de assunto sobrenatural. 

As mulheres ainda têm duas razões a mais para assistí-la, vide foto acima. Auto-explicável, preciso falar mais alguma coisa?

domingo, 23 de novembro de 2008

Como medir um sentimento?

Alguma idéia?
Eu acredito que as ações valem mais do que as palavras, é fácil dizer eu te amo, virar as costas e ir embora. Aliás, eu te amo virou expressão corriqueira.
Mas esse não é o intuito do post. 
Estava eu navegando no Orkut e percebi que eu escrevi depoimentos para pessoas que não escreveram para mim. Isso significa alguma coisa? Provavelmente não. Mas por que eu reparei nisso? 
Todo ser humano tem a necessidade de ser querido, de ser amado e de sentir-se especial para alguém, no meu caso além disso eu tenho a necessidade de ser lembrada, mesmo que seja por depoimento no Orkut. 
Eu sei que isso é ínfimo na escala de medição de sentimento, afinal não quer dizer nada, eu tenho depoimentos de pessoas que eu mal falo atualmente e que não sabem de nada da minha vida.
Eu tive uma época negra e posso contar nos dedos de uma mão (e ainda sobra) quem teve paciência de me aturar, tirando a família. Isso para mim foi descobrir o meu valor para algumas pessoas, mas serve para medir o sentimento delas? 
Por exemplo, eu fico um bom tempo sem visitar a minha avó, mas isso não quer dizer que eu não gosto dela, é que eu sou assim. Pois é, tenho esse mal, eu dou umas sumidas de vez em quando e não sou fã de telefone. Ela foi parar no hospital, eu arrumei as minhas malas e acampei por lá, um misto de preocupação e culpa por ter ficado distante. 
Creio que não seja possível medir o que uma pessoa sente, afinal não tem como estar na pele do outro, e cada um tem um modo de demonstrar isso, mesmo que seja de uma maneira torta. O meu pai por exemplo não foi criado com o costume de fazer carinho, então ele parte para cosquinhas e beliscões, o que me irrita bastante, mas é o jeito dele.

Por essa e outras que quando criança eu ouvia que vai ficando mais difícil fazer amizades ao passar do tempo, acabamos por adquirir experiência, encontrar pedras no caminho e selecionar mais. Amigos são poucos mas colegas podem ser muitos, não seja tão exigente.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Por que a mulher sente tanta vontade de comer chocolate na TPM?

E eu não divido o meu. 
Não insista!

Final de semana sem posts e sem Internet.

A vida em mim

Sinto que a vida me endureceu.
Antes eu sentia mais empatia, me comovia mais com a dor alheia.
Hoje eu me protejo.
O meu egoísmo humano aflorado.
Sinto que a minha inocência foi toda perdida pelo caminho.
E sou eu por mim mesma sempre.
Agora eu sei.

Sinto-me como uma adulta.

Dia da consciência negra


Eu sei, eu não esqueci, mas não consigo elaborar nenhum post agora.
Cabeça cheia de preocupação.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O caso do blog Chata de Galocha


Irei transcrever aqui a descrição do blog: "Quando a pessoa nasce chata, não há bom humor que resolva. O Chata de Galocha é um lugar onde posto tudo o que me incomoda, mas também tudo que passa pelo meu (praticamente inalcançável) padrão de qualidade."
Padrão de qualidade praticamente inalcançável? Hummm.

Pois bem, ela disse que seria hipócrita se não dissesse o que pensa, ela se considerou honesta e nem imaginou que esse post daria tanta repercusão, mas é assim que as coisas acontecem, você dá uma opinião sem pensar e está aberta a todas as críticas. Eu também dou opiniões no meu blog, a diferença é que eu escrevo o que eu penso mas não acho que todos têm que ser iguais a mim e nem considero pior uma pessoa que não o seja.
Eu vou colar aqui uma parte do post dela sobre a Miss (foto acima): "Beeeeem diferente né?
Eu sou contra esse movimento atual de aceitação da gordura... Primeiro veio a campanha da Dove (que já falei aqui que odeio), e agora tem no America's Next Top Model modelo gorda, Miss gorda...
Fala sério gente... Td bem, as pessoas estão ficando mais gordas, as modelos são magras demais em relação à maioria da população e tals, mas daí a colocar pessoas acima do peso como exemplo, é bem diferente. Gordura não é só uma questão estética, é de saúde também. Acho muito errado... Pessoas acima do peso deveriam se esforçar para ficarem dentro do limite do saudável, mesmo sem ficarem secas...
E pra vcs não me falarem que é muito difícil e blá blá, eu sei que é. Tenho mega tendência a engordar e sempre que relaxo engordo um pouco. Mas se ela conseguiu emagrecer mais de 40 quilos sem remédio e sem cirurgias, acho que qualquer um consegue eliminar uns 10 kgs extras não é?"
Qualquer um? Só falta força de vontade para todas as pessoas? E aquelas que sofrem de depressão, síndromes, obesidade, ansiedade, e que tal falar sobre as pessoas acima do peso que estão felizes e bem com elas mesmas? Esse segundo caso também é inaceitável para a autora: "Me incomoda pq não gosto de pessoas acomodadas. Cada um com seus problemas, mas gordura causa problemas de saúde e a culpa disso é preguiça. Não gosto de gente preguiçosa, que está feliz sendo medíocre. Gosto de quem se esforça para ser o seu melhor, que sabe que a saúde é importante e evoluir, mais ainda."

Então de acordo com ela para ser feliz tem que ser magra, fora isso é ser medíocre, é um padrão estabelicido há tempos pela mídia e pela indústria da beleza e considerado pela autora como sinônimo de felicidade. Eu pergunto: você sabe ser feliz? 
Será que agarrar a materialidade e a aparência com força não seria um modo de viver mais facilmente? Afinal pode-se evitar pensamentos mais profundos sobre a vida e sobre si mesmo. Vejam bem o que eu estou fazendo, estaria eu julgando a pessoa ou perguntando se o caso é esse com base no que ela disse? 
Não posso afirmar que ela é de todo preconceituosa mas nesse caso agiu assim, suas palavras demonstraram isso, e demonstrou também intransigência, afinal fez de seu modo de viver o ideal e todas as pessoas deveriam seguí-lo, caso contrário não são boas o suficiente para o seu padrão de qualidade quase inalcançável. 
Eu mesma com certeza já julguei alguém e na hora posso nem ter notado o equívoco, afinal, sou um ser humano. A diferença está entre rever as suas atitudes e melhorá-las ou evitá-las, não são todos que fazem isso e não são todos que estão dispostos a isso.
Não a condeno uma pessoa ruim, mas condeno as suas palavras nesse caso.

P.S. Ela escreveu um post de desculpa e que retrata bem o que eu disse acima, rever e pensar sobre os seus atos atuais e passados.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Orkut

O Orkut adicionou novas frases para a sorte de hoje e como ele é engraçadinho, não poderia perder a oportunidade: A pessoa que lê seu destino desapareceu e nosso chefe está furioso. Esperamos que você tenha um dia de sorte.
Essa apareceu hoje para uma amiga.

Mulher culta

Mulheres solteiras que lêem e estudam, e reclamam que os homens não querem nada hoje em dia, cuidado, a cultura pode ser desastrosa em termos de relacionamento. 
Estava eu em uma lanchonete e na minha frente tinha um grupo de homens (faixa dos 20-25 anos), o papo era mulher e um deles falou algo que me assustou: "não dá para ficar com aquela mulher, ela é muito inteligente, ela lê livro porque gosta!" 
Arregalei os olhos e guardei o meu 1808 na mochilinha.

Manual do cafajeste

Esse blog saiu na revista Época e eu como mulher curiosa sobre o universo masculino tive que dar uma passadinha lá. 
O blog é divertido, dei risadas e tentei não me irritar com coisas como "mulher lanchinho", afinal, conheço meninas que adotaram esse estilo de vida e estão por aí comendo "homem lanchinho", deixei o feminismo de lado e resolvi ler sem preocupação ou romantismo. 
Eu chorei de rir com esse trecho: " Por exemplo, se eu saio com uma garota e ela tira um espanador e fica passando no meu pau eu vou segurar o riso, mas não vou criticá-la por que ela tentou inovar." 
Fica aí a dica para as curiosas de plantão e para os aprendizes de cafa.

Sonho

Hoje eu tive um sonho muito estranho, bem, os meus sonhos costumam ser estranhos. Sonhei que eu estava na Alemanha com mais duas pessoas desconhecidas, só que estávamos clandestinos, o governo nos achou e queriam escolher um de nós para participar de um programa na TV de brincadeiras estilo carniça, como se fosse uma tortura ao vivo, além disso, os católicos brasileiros estavam lutando para eles nos deixarem voltar ao Brasil.

Alguma idéia do que isso significa?
Eu nunca pensei em ir à Alemanha, eu nunca gostei de brincar de carniça e não sou católica. Essa última parte me deixou intrigada, eu tenho uma visão bem radical quanto ao catolicismo, melhor dizer, quanto a todas as religiões. Bem, eu vejo as religiões como uma maneira de não nos deixar pensar, quanto menor a dúvida, menor a nossa busca por respostas. 
Pois bem, eu tenho uma idéia sobre o povo alemão, os imagino frios e fervorosos por regras, logo quebrar uma regra em seu país seria algo muito grave; a carniça seria uma forma de tortura, o que me remete a 2ª guerra mundial, os judeus foram punidos por suas crenças, isso me lembra a idéia que eu tenho sobre religiões, sou contrária a maioria das pessoas; e por final eu seria salva examente por aqueles que eu não concordo nem um pouco. Esqueci de mencionar que eu ficava apreensiva ao pensar que meus pais saberiam o que eu fiz, acho que está relacionado com o fato de eu conduzir a minha vida como eu quero e não como eles querem, e isso não ter nada a ver com as regras que eles impõem e as conduções que eles dão, mas mesmo assim eu sentia medo de desapontá-los como filha.
Essa pode ser uma tradução do meu sonho mas qual o significado? 
A questão dos pais acho que está bem clara, ontem minha mãe reclamou que eu ando dormindo muito tarde e que não foi isso que combinamos, a bem da verdade nós não combinamos nada, meus pais acham que isso não é saudável e estabeleceram a regra de ir dormir até meia-noite nos dias úteis, coisa que eu não fiz, mas isso não é porque eu quero ir contra os meus pais, ou porque quero me me auto-afirmar ao fazer o que eu quero, isso é simplesmente porque eu não tenho nada a fazer no dia seguinte, e para mim é mais agradável ficar até tarde lendo, navegando ou pesquisando, do que acordar cedo e ver o meu dia passar, logo, apesar de estar agindo por meu interesse, eu ainda me sinto culpada em quebrar as suas regras, afinal são meus pais e os donos da casa. No caso dos católicos acho que seria a questão de ser salva por aqueles que eu não concordo, a Alemanha e a carniça seriam apenas o motivo para isso.

Essa foi a conclusão que cheguei após dissecar o meu sonho. Meu pai diz que os meus sonhos são bobos, infantis, eu acho que a visão está errada, eles não são objetivos, temos de olhar por trás das imagens.

P.S. Eu sei que a minha visão sobre a religião é radical e eu não peço desculpas por isso, e não entro em discussões acerca desse assunto.
E quanto aos alemães, eu sei que isso é um pré-conceito mas é apenas uma idéia e não uma opinião ou certeza.

Coca Cola

Oh não! O meu irmão comprou coca cola normal, já sinto celulites brotando na minha bunda.

Sou viciada nesse refrigerante, e se a normal não tivesse tanto açúcar ou se eu não engordasse, talvez seria viciada nela mas apesar de não preferir, eu costumo optar por Coca Zero.

Coca Light e Coca Zero têm uma diferença, a light deixa aquele gosto de adoçante no final, coisa que eu odeio e por isso prefiro até tomar café com leite puro, isso eu já escrevi em outro post, e a zero não deixa esse gostinho desagradável.

Eu ainda acho que vão descobrir que a Coca Cola nos faz mais mal do que já sabemos, esse líquido é muito artificial! Mas eu A-D-O-R-O!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Eu usarei óculos?

Eu marquei o oftalmologista de repente, na verdade o principal paciente era o meu irmão, ele tem dores de cabeça terríveis, mas fui eu quem saiu de lá com probabilidade de usar óculos. Exame que deixa cegueta terça-feira da semana que vem.

Lendo

Hoje eu terminei de ler um livro da livraria. Você acha isso feio, e daí? Vai me comprar o livro? Ah tá.

Eu tenho a sensação de que preciso adquirir quanto conhecimento eu conseguir e que tenho pouco tempo para isso. É claro que eu não pretendo chegar ao ponto de saber tudo sobre tudo, afinal é matéria impossível, mas eu quero saber muito sobre o compotamento humano. Isso me fascina! E quanto mais estranho e bizarro, mais fascinante é.

Diferente

As vezes acho que sou diferente de todas as pessoas, talvez parecida com poucos. Não falo da diferença normal entre os indivíduos mas uma diferença que distoa. Não sei se é algo bom, ruim ou simplesmente uma diferença indiferente. Mas penso: será que todos sentem-se assim? E se todos dissessem que sim, como saber se é a mesma sensação de diferença se sempre nos sentimos diferentes?

Sócrates

"Se todos os nossos infortúnios fossem colocados juntos e, posteriormente, repartidos em partes iguais por cada um de nós, ficaríamos muito felizes se pudéssemos ter apenas, de novo, só os nossos."

domingo, 16 de novembro de 2008

Chove chuva.

Hoje não dá para caminhar e espero que ninguém tenha marcado um casamento na praia. Pensando nisso, imagino que os noivos e convidados estejam pensando: "mas que sorte a nossa, não choveu bem no dia, deve ser um presságio, esse casamento tinha mesmo que acontecer", enquanto isso, para mim foi um dia normal que apenas não choveu. 

Terei que me livrar do tédio de alguma outra maneira, provavelmente assistindo a algum seriado que eu sempre baixo da Internet, como House por exemplo. Simplesmente não estou com vontade de ler livro agora.
Amanhã vou ao oftalmologista porque embaralho as letras enquanto leio, provavelmente ver seriados e ler no computador tem uma grande parcela sobre isso mas eu continuo fazendo.

Serial Killer

"Nós Serial Killers,somos seus filhos, nós somos seus maridos,nós estamos em toda parte. E haverá mais de suas crianças mortas no dia de amanhã. Você sentirá o último suspiro deixando seus corpos.Você estará olhando dentro de seus olhos." 
Ted Bundy.

Esse é um assunto que me interessa, não pensem que eu sou sádica ou gosto de matar, mas é que a mente deles é algo completamente fora do normal, a falta de empatia, de sentimentos, a sua história de vida. São indivíduos normais que por algum trauma ou abuso tornaram-se assassinos cruéis ou eles nasceram com essa predisposição? 
Não é necessário ser um psicólogo ou psiquiatra para ver que muitas pessoas estão com problemas ditos "da alma", mas é preciso estudar mais para conseguir identificar um psicopata. É melhor dizer que nem todo psicopada é assassino em série, eles podem viver a vida inteira sem praticar um ato de maldade, eles podem ser manipuladores por exemplo, porque apesar de não sentirem empatia, de não se comoverem com a dor alheia eles têm a noção desses sentimentos e conseguem usá-los para fazer você sentir o que eles querem e obterem o que desejam. Mas todo assassino em série é um psicopata? 
Temos muitos casos de homens como serial killer mas pelo que se tem registrado, a maior de todos foi uma mulher que viveu no século XVI, a condessa húngara Elizabeth Bàthory, estima-se que ela pode ter matado até 600 mulheres e tomava banhos de sangue como tratamento de beleza. Um que me me deixou impressionada, é o Ed Gein, ele matou duas mulheres, pouco para os padrôes de um assassino em série mas ele era extremamente sádico, ele saqueava cemitérios e levava para casa corpos mortos, com a pele fazia uma roupa de mulher, estofava assentos, abajur e meias, tomava sopa em um crânio entre outras coisas bizarras. E não tem como esquecer de Ted Bundy, um dos mais famosos, que estuprava e matava as suas vítimas, todas mulheres.
Com certeza ainda existe assassinos em série que não foram descobertos ou alguns que são descobertos bem cedo como o último caso do adolescente de Campo Grande - MS, o chamado Maníaco da Cruz, ele disse que matava as pessoas porque elas estavam perdidas e porque ele pegou o gosto em matar, afirmou que não se arrepende e que mataria novamente. Ele é o que é e não irá mudar. 
A frase que iniciou o post é uma verdade, serial killer pode ser qualquer um e na maioria das vezes ninguém nem desconfia.

sábado, 15 de novembro de 2008

Saldo da praia a noite

Hoje eu fui a um casamento, três luaus, uma macumba e levei duas cantadas. Tudo bem, eu não participei das festividades mas eu estive por lá.
O meu sábado não foi de grandes aventuras, de manhã sai com minha mãe, comprei um top e dois shorts, almocei, a tarde fiquei assistindo TV e a noite já estava entediada, então resolvi ir caminhar e aproveitar para queimar umas calorias, deu certo, voltei me sentindo melhor e o tédio foi embora.
É verdade quando dizem que exercício faz com que você se sinta melhor. 

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Arthur Schopenhauer

"Quanto mais é elevado o espírito, mais ele sofre."

Sigmund Freud

"A felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar, por si, tornar-se feliz."

O ser humano é egoísta

É uma máxima, mesmo que diga que o altruísta não é egoísta. Ledo engano, todos somos. Se o altruísta não se sentisse bem com o que faz, ele não o faria. Assim como o amigo, se você nada tivesse a oferecer, ele não estaria ao seu lado. Nós esperamos que o outro faça por nós o que faríamos por eles, ou que façam por nós pelo menos o mínimo. 
Pode citar grandes nomes como Mahatma Gandhi, e sim, ele era egoísta.
Esse egoísmo que falo é uma característica humana, sempre procuramos algo que irá nos satisfazer de algum modo, pode ser material, espiritual ou mentalmente, mas se não nos traz algum benefício então não o fazemos. Claro que homens altruístas merecem a nossa admiração e respeito, eu os admiro. E também admiro homens que procuram a elevação espiritual e mental . Não sou hipócrita a ponto de dizer que o material não me agrada, eu adoro dinheiro e adoro conforto, mas se estiver mal por dentro nenhum objeto material poderia me dar o conforto desejado.
Até a máxima de que é necessário amar ao próximo como a si mesmo é humanamente egoísta, afinal uma das definições de egoísmo é colocar-se em primeiro lugar.
Não vamos misturar o hegoísmo natural com o egoísmo defeito, esse é característica de alguns.

P.S. Talvez mães possam ser totalmente altruístas.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Velhas Virgens - Abre essas pernas

Alguém lembra dessa? 

abre essas pernas

velhas virgens

Composição: Paulo de Carvalho

"As mulheres e as galinhas
São dois bichos interesseiros
A galinha pelo milho
E a mulher pelo dinheiro"

Abre essas pernas pra mim baby
Tô cansado de esperar
Você dá pra todo mundo
Só pra mim que você não qué dá

Esse papo de pele e de química
Não tem nada a vê
Não é filme, nem novela
É só sexo, eu e você

Já deixei você nua em pêlo
E na hora você deu pra trás
Então abre essas pernas pra mim, baby
Pra aprender como é que se faz.

Você pode dizer o que quer
Nem por isso vou dar pra você.
Eu só transo com quem eu quero
E na hora que eu escolher

Animal é que trepa
Sem sentir e sem gostar
Não sou bicho e nem planta
Nem boneca pra você me usar

Você vem com essa pica imensa
Pensando que vai me comer
Eu não abro as pernas pra você, baby
Não adianta você querer.

Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...

Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abra essas pernas pra mim, baby
Abra e deixa eu entrar.

Abre essas pernas pra mim, baby
Que papo é esse de emoção?
Eu tô falando é de vai e vem
Será que você é sapatão?

Eu nunca vi uma mulher
Que não gostasse de foder
Até hoje ninguém disse "Não"
E a primeira não vai ser você.

Eu tô te oferecendo
Vinte centímetros de prazer.
Abra essas pernas pra mim baby
Vai ser bom, você vai ver!

Me tire da cabeça!
Não adianta me cobiçar!
Sei que você come todo mundo,
Mas comigo não vai rolar

Nem tua grana, nem teu carro,
Nada vai me convencer.
Não sou burra, nem tô a venda,
Nem pagando você vai me ter.

Pode ir pro banheiro
E tocar uma bronha se quiser
Eu não abro as pernas pra você, baby
Digo não e sou mulher.

Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...

Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abre essas pernas pra mim, baby
Não
Abre e deixa eu entrar.

Você diz que a minha grana não te compra.
Você diz que só faz com emoção.
(só com amor, benzinho!)
Vou provar que todo mundo tem um preço.
Eu vou provar. Começando o leilão
70 - não!! 90 - não!! 150 - nãaaaao!!
300 - não!! 500 - não!! 790 - nãao!!
800 - não!! 900 - não!! uma milha...

Assim eu dou,
Não dá pra negar.
Assim eu dou,
Não dá pra agüentar!

Só não pense que eu sou puta!
Eu tô gostando de você.
Vou abrir as minhas pernas
Por amor, por prazer!

Puta, você? nem pensar!
Puta, você? o que é que há?
Foi amor a primeira vista que eu vi!
Foi "química, lance de pele bem aqui"!

Benzinho, você sabe
Eu te amo tanto

Eu sabia desde o começo.
Só faltava acertar quanto.

Friedrich Nietzsche

"O que é bom induz a viver - Todas as coisas boas são fortes estimulantes para a vida, mesmo todo bom livro escrito contra a vida."

Retirado do livro Humano, demasiado Humano Vol. II.

Rapidinha

Respirar não significa viver, mexa-se!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Você é o seu próprio deus

Não espere que Deus tome as decisões por você, não espere que ele se esforce e trabalhe por você, faça a sua parte. A sua vida é traçada por ti mesmo e Deus está em sua companhia. Será o mesmo Deus que está comigo? Sempre onipresente, sim, a mesma energia positiva mas eu espero que o meu Deus me dê forças como ele dá a você? Esse Deus é só meu, eu não o vejo como você e nem você o vê como eu.


Você é o seu próprio deus, eu sou o meu próprio deus, cada um é o seu próprio deus, vivendo, sobrevivendo e escolhendo caminhos. Nós movemos o mundo.

Deus existe por que nós existimos ou nós existimos por que Deus existe? Pode ser uma pergunta com uma resposta só de acordo com alguns cristãos mas pense só, se não existíssimos, haveria algum motivo para existir Deus? Ou alguma fé Nele? E quem diria "eu acredito em Deus"?

P.S. Atentem-se ao "d" e ao "D". 

Rapidinha

A Bolsa cai, os serviços aumentam, os deputados de Brasília querem mais dinheiro, tá difícil arrumar emprego e o povo oh...

terça-feira, 11 de novembro de 2008

O Guardião Universal

Eu não o conhecia...até agora.
Um amigo (aí Serginho) me enviou o link de um vídeo no Youtube chamado Cabeça de Ferro, entrei achando que fosse sobre o cara do começo, um com curativo na orelha, mas não, na verdade é sobre o Guardião Universal. Eu não li muito sobre ele ou sobre o que ele prega mas é algo como provocar o caos e acreditem se quiser, ele afirma que pode fazer isso com a mente, em uma comunidade no Orkut ele diz que em um dia caótico já acabou com a luz da cidade, ao mesmo tempo que afirma ter problemas mentais. 
Ele mantém um blog e se você quiser pode até cooperar com qualquer quantia para o livro chamado Espíritos Indomáveis: revelações de um jovem sonhador. 
Você também pode ser um guardião ou uma guardiã, é só seguir a filosofia de vida: o guardianismo.


segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Você é responsável por si mesmo

...então faça o que você acha que deve fazer.
Faça o que está de acordo com a sua moral e não a moral dos outros, você não é responsável pela vida deles, faça o que der na telha desde que possa dormir tranqüilamente a noite, faça de você uma pessoa melhor para um mundo melhor. 
As suas ações são suas e só, motivadas pela pessoa que você é, não há quem te faça fazer algo que você não queira ou algo que você não considere certo, a não ser que você não se conheça nem um pouco ou esteja em um estado de perigo.
O seu caminho é o resultado da sua escolha, não procure um que pareça ser mais fácil, escolha aquele que melhor lhe cabe. Todos terão alegrias e tristezas.
Faça de você uma pessoa com quem gostaria de conviver, não é nada agradável dormir e acordar com um inimigo, ainda mais se esse for você mesmo. 
Cuide-se.

Acordar tarde

O meu corpo e a minha mente se acostumaram a dormir tarde e a acordar tarde, está fogo mudar isso! Na época que eu não via muita graça na vida e todos os dias pareciam os mesmos, eu não me importava com a minha saúde, eu dormia a qualquer hora e acordava a qualquer hora, mas agora eu não quero mais isso, eu quero acordar de manhã e ir caminhar na praia, fazer tudo que eu tenho que fazer no meu dia como dar banho no cachorro por exemplo. Esse hábito atrapalha a minha vida e eu preciso mudá-lo, tornou-se um círculo vicioso, eu acordo tarde então não sinto sono tão cedo, mesmo com o despertador em um certo horário eu não consigo acordar, as vezes acordo com o celular (o meu despertador) debaixo de mim e nem lembro como ele foi parar ali. 
De todos os hábitos que eu mudei, esse não é o mais difícil, é até fácil, só preciso de um pouco de disciplina.

Já que o assunto é saúde, hoje estou com uma baita vontade de comer no Burguer King, é, mas eu não vou comer, até porque não é o meu caminho hoje, mas já é um aviso: olha a TPM aí! Alguém tem um chocolate?

domingo, 9 de novembro de 2008

Livraria da Travessa

Eu amo esse lugar!
É uma grande livraria onde encontra-se livros de todos os gêneros, pelo menos todos que eu procurei até agora.
Hoje estava no shopping e passei lá como sempre faço, coincidentemente era o dia da inauguração oficial, então comi alguns canapés, bebi algumas tacinhas de champanhe e comprei o meu primeiro livro de Nietzsche, Humano, demasiado Humano.
Lá você pode sentar em uma confortável cadeira e ler algumas páginas de um livro sem ninguém te perturbar, é o que eu costumo fazer quando vou, mas é claro que se eu decidir comprar algum com certeza optarei por lá, afinal o preço do livro não paga o que eu desfruto, e diga-se de passagem o valor é o mesmo que nas outras livrarias.
Se quiser conferir: www.livrariadatravessa.com.br

sábado, 8 de novembro de 2008

Você sabe ser feliz?

Sim, sou eu na foto.

A maioria das pessoas vivem a procurar pela felicidade, esperam que algo mágico aconteça com elas, tipo em um conto de fadas, e nem se dão conta que podem ser felizes aqui e agora, é só escolher.
Um pão quente com manteiga, dar risada assistindo um filme bobo, conversar com familiares e amigos, contar piadas sem graça, ficar debaixo do cobertor em um dia frio e chuvoso, tirar uma nota boa na prova, receber um elogio do chefe, tirar foto fazendo caretas, levar o cachorro para passear, lembrar de bons momentos, se esticar na cama depois de um longo dia, conhecer alguém novo, dar um abraço, ser perdoado, comprar uma roupa nova, e entre tantas outras coisas simples.
Ser feliz não é estar sempre em alfa, sentir o corpo flutuar de tanta alegria, ser feliz é saber aproveitar cada pedacinho do seu dia. 
É fácil, o difícil é aprender o que é ser feliz.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Rapidinha

Ok, ultimamente só tem saído posts pequenos, é uma fase estilo notinha de jornal.


Alguém pode me ajudar? O que fazer no final de semana quando você está solteira há pouco tempo? Porque mesmo que eu saia, eu tenho que voltar para casa e aí que é dureza, notar que estou sozinha.

Eu tenho medo do Google!

Se você usa Gmail sabe que do lado direito as vezes aparece alguns anúncios, certo? Mas já notou que os anúncios mudam de acordo com o e-mail que você escreve? Medo! Faça o teste, escreva e envie um e-mail sobre eletrodomésticos por exemplo e confira o que vai aparecer nos anúncios.
O Google vigia a nossa vida!

O site de 1 milhão de dólares

Eu sou uma internauta faz tempo, acho que desde os meus 13-14 anos, mas nunca havia pensado nisso. Um americano criou um site somente para anúncios, a meta é conseguir 1 milhão de dólares com isso. Eu não acredito que dê para ganhar dinheiro fácil mas eu bem que gostaria de ter bolado isso antes.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Mudança de curso: Direito --> Psicologia.

Diga o que quiser, eu vou mudar de curso na faculdade.
Eu sofri muito tempo querendo continuar algo que eu escolhi com 17 anos, eu demorei a tomar essa decisão mas agora que eu a tomei, eu vou até o fim.
Passei bastante tempo pensando no que me mantinha presa, angustiada, ansiosa, depressiva e as vezes até meio desesperada, sem contar os baldes de lágrimas que eu derramei. Agora chega! Eu me redescobri e está na hora de viver o momento, chega de tentar resgatar o passado, chega de tentar antecipar o futuro e querer controlar tudo. Chega de me cobrar tanto, a ponto de não me dar o direito de evoluir.
Eu não quero mais opiniões e nem conversar sobre esse assunto com alguém que tente me fazer desistir, algumas pessoas acham que é simplesmente loucura, afinal estou no meio de uma faculdade de Direito que eu deveria estar terminando e que eu levo nas coxas.  Eu não me sinto comprometida e muito menos parte disso, nesse curso eu me sinto totalmente fora da minha área.
Psicologia será, e não vejo a hora de começar.